May 3, 2017 / 6:20 PM / in 3 months

Fed mantém taxa de juros e minimiza fraqueza econômica no 1º tri

3 Min, DE LEITURA

Logo do Federal Reserve em Washington, D.C., nos Estados Unidos 16/03/2016Kevin Lamarque/File Photo

WASHINGTON (Reuters) - O Federal Reserve manteve inalterada a taxa de juros nesta quarta-feira mas minimizou o crescimento econômico fraco no primeiro trimestre e enfatizou a força do mercado de trabalho, em um sinal de que o banco central dos Estados Unidos pode apertar a política monetária já em junho.

Em um comunicado otimista, o Fed também afirmou que os gastos do consumidor continuaram sólidos, os investimentos empresariais se firmaram e a inflação tem "estado perto" da meta do Fed.

"O comitê vê a desaceleração do crescimento durante o primeiro trimestre como provavelmente transitório", disse o Fed em um comunicado unânime.

O mercado de trabalho continuou a se fortalecer mesmo com a desaceleração no crescimento da atividade econômica e os "fundamentos que sustentam o contínuo crescimento permanecendo sólidos", completaram as autoridades.

O Fed elevou os juros em 0,25 ponto percentual na sua última reunião, em março, para uma faixa entre 0,75 e 1 por cento.

Antes da reunião, a maioria das autoridades do Fed havia deixado claro que, em contraste a anos anteriores, o banco central se sente mais confiante em sua projeção de mais duas altas em 2017.

As autoridades do Fed têm ficado animadas com recentes dados econômicos que mostraram alta no investimento empresarial e o crescimento mais forte do salário em uma década. A taxa de desemprego também caiu em março para perto da mínima em 10 anos.

Entretanto, alguns também disseram que querem mais dados antes de adotar medidas adicionais para normalizar os juros. As autoridades ainda aguardam clareza sobre o volume e escopo dos cortes de impostos, gastos de infraestrutura e mudanças regulatórias que a administração Trump conseguirá aprovar no Congresso.

A inflação tem aumentado, mas o chamado núcleo do índice de preços PCE aumentou 1,6 por cento nos 12 meses até março, alta mais fraca desde julho. O núcleo do PCE é a medida preferida de inflação do Fed.

Em seu comunicado, o Fed mostrou pouca preocupação com o enfraquecimento da inflação, caracterizando-a como "perto da meta de longo prazo do comitê de 2 por cento".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below