Mercados acionários chineses fecham na mínima de 3 meses após atividade mais fraca dos serviços

quinta-feira, 4 de maio de 2017 07:40 BRT
 

CINGAPURA/XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China ampliaram as quedas nesta quinta-feira, fechando nas mínimas de três meses, depois que uma pesquisa que mostrou uma atividade mais fraca do setor de serviços levantou preocupações sobre os crescentes riscos econômicos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,26 por cento, assim como o índice de Xangai.

O crescimento do setor de serviços da China foi o mais fraco em quase um ano em abril, com os receios de um crescimento econômico mais lento prejudicando a confiança das empresas, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) nesta quinta-feira.

A maioria das outras bolsas asiáticas também recuou, acompanhando a sessão fraca em Wall Street.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,3 por cento às 7:38 (horário de Brasília), pressionado pelos setores de commodities, energia e financeiro.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei não abriu.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,05 por cento, a 24.683 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,26 por cento, a 3.127 pontos.   Continuação...