Aneel aprova indenização à Copel por renovação de contratos de transmissão

terça-feira, 9 de maio de 2017 11:52 BRT
 

(Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou em reunião de diretoria nesta terça-feira os valores a que a elétrica Copel terá direito pela renovação antecipada de contratos de concessão de linhas de transmissão no final de 2012.

A diretoria homologou um valor de 667,6 milhões de reais para fins de indenização à Copel, referentes a ativos da companhia que ainda não tinham os investimentos totalmente amortizados quando da renovação dos contratos.

Na prática, no entanto, a indenização será maior, dado que os 667,6 milhões de reais foram contabilizados em valores de dezembro de 2012, ainda sujeitos a atualização.

As ações da Copel operavam em alta de 5,7 por cento por volta das 11:50.

As elevadas indenizações, que ultrapassam os 60 bilhões de reais se somados os valores devidos a todas elétricas e atualizações, fizeram a indústria entrar na Justiça contra a cobrança desses custos nas tarifas, prevista para ao longo dos próximos oito anos.

Com isso, uma parte dos pagamentos está suspensa enquanto governo e consumidores discutem o assunto judicialmente.

(Por Luciano Costa, de São Paulo)