AgRural faz ligeira revisão para cima na previsão de safra de soja do Brasil

terça-feira, 9 de maio de 2017 16:56 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá colher um recorde de 112,3 milhões de toneladas de soja na safra 2016/17, alta de 700 mil toneladas na comparação com a previsão de abril, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela AgRural, que consolidou informações de uma colheita que está virtualmente encerrada.

A consultoria já havia subido para 111,6 milhões de toneladas a projeção no início de abril. O aumento na previsão de maio deveu-se a revisões nas produtividades médias dos três Estados do Sul, além de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Pará e Maranhão.

A produtividade desta safra é recorde para todos os Estados do centro-sul, que fechou com média de 56,4 sacas por hectare, afirmou a AgRural.

As 55,7 sacas por hectare calculadas para o Brasil também são recordes.

Para o Norte/Nordeste, a estimativa da AgRural é de 51,3 sacas por hectare, atrás apenas das 52,9 sacas colhidas na safra 2010/11, segundo dados da consultoria.

A estimativa da AgRural para a intenção de plantio de soja na safra 2017/18 será divulgada no início de agosto, disse a consultoria.

(Por Roberto Samora)

 
Plantação de soja na cidade de Primavera do Leste, no Estado do Mato Grosso
07/02/2013
REUTERS/Paulo Whitaker