Conselho da Vale aprova proposta de reestruturação societária

quinta-feira, 11 de maio de 2017 21:49 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração Vale aprovou nesta quinta-feira a proposta final apresentada pela Valepar S.A., acionista controladora da mineradora, de proposta de reestruturação societária que prevê a transformação da empresa em uma sociedade sem controle definido e viabiliza a sua listagem no segmento especial do Novo Mercado da B3.

O colegiado também aprovou a submissão à Assembleia Geral da companhia das matérias, entre elas da proposta que prevê conversão voluntária das ações preferenciais classe A de emissão da Vale em ações ordinárias, na relação de 0,9342 ação ordinária por cada ação preferencial classe A de emissão da Vale, a qual foi definida com base no preço de fechamento apurado na média dos últimos 30 pregões anteriores a 17 de fevereiro de 2017.

O acordo da reestruturação societária foi anunciado em 20 de fevereiro, visando ampliar a governança da mineradora.

Separadamente, a Vale informou que seu conselho ainda aprovou a renovação do mandato dos seus diretores executivos por um período de dois anos.

O conselho decidiu renovar os mandatos de Clovis Torres Junior (diretor-executivo de Recursos Humanos, Sustentabilidade, Integridade Corporativa e Consultoria Geral); Peter Poppinga (diretor-executivo de Ferrosos); Jennifer Anne Maki (diretora-executiva de Metais Básicos); Luciano Siani (diretor-executivo de Finanças e de Relações com Investidores); e Roger Allan Downey (diretor-executivo de Fertilizantes, Carvão e Estratégia).

O presidente-executivo da Vale, Murilo Ferreira, cujo contrato expira ao final de maio, será substituído por Fabio Schvartsman, presidente da Klabin.