22 de Maio de 2017 / às 15:36 / 3 meses atrás

Gestora JGP nega ter recebido informação privilegiada

SÃO PAULO (Reuters) - A JGP Gestão de Recursos afirmou nesta segunda-feira que são falsos os boatos que estão circulando em redes sociais, de que teria tomado conhecimento antecipado sobre o teor das notícias relacionadas à delação de executivos da JBS, divulgadas na noite da última quarta-feira, o que teria ajudado no desempenho de seus fundos multimercados.

"...nossos advogados tomarão imediatamente as medidas cabíveis para acionar judicialmente os autores das informações falsas que estão sendo circuladas", diz comunicado da gestora a clientes.

Durante o fim de semana, circularam em redes sociais e aplicativos de mensagens rumores de que a gestora teria obtido resultados positivos em seus fundos multimercados, enquanto muitos fundos do mesmo segmento tiveram performance negativa, a partir de informações antecipadas sobre a delação de Joesley Batista envolvendo o presidente Michel Temer.

No comunicado, a JGP destacou que o posicionamento de seus fundos multimercados no período recente era conservador, incluindo visão mais pessimista sobre a possibilidade de aprovação da reforma da Previdência.

Também afirmou que aumentou as posições na quarta-feira, pois as notícias sobre a possibilidade do impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, causaram a maior queda dos mercados internacionais em muito tempo, lideradas pela bolsa de Nova York e com contágio para o Brasil.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below