Índice acionário de Xangai recua novamente com preocupações sobre aperto da política monetária

terça-feira, 23 de maio de 2017 07:21 BRT
 

XANGAI/CINGAPURA (Reuters) - O índice acionário de Xangai caiu pelo segundo dia seguido nesta terça-feira, com os ganhos no setor financeiro aliviando apenas parcialmente as preocupações com as medidas de aperto da política monetária.

O índice de Xangai caiu 0,45 por cento, depois de já ter perdido 0,5 por cento na segunda-feira.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,37 por cento. Alguns operadores especularam que autoridades direcionaram compras de ações com forte peso para impulsionar o índice, que avançou pelo terceiro dia seguido.

O índice de start-up ChiNext fechou em queda de 1,7 por cento, no nível mais baixo desde fevereiro de 2015, uma vez que uma forte correção em ações recém-listadas pressionou as empresas de menor porte.

Ao longo dos últimos dois meses investidores têm lidado com um controle regulatório sobre práticas arriscadas de empréstimo e uma mudança na direção de uma política monetária mais apertada, conforme Pequim amplia as medidas para neutralizar os riscos financeiros.

Um assessor do banco central da China afirmou na segunda-feira que o Banco do Povo da China continuará a implementar ajustes razoáveis à política monetária.

Já o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,2 por cento às 7:17 (horário de Brasília), devolvendo os ganhos depois de atingir o nível mais alto desde junho de 2015.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,33 por cento, a 19.613 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,05 por cento, a 25.403 pontos.   Continuação...