Risco para estabilidade na zona do euro está contido mas ainda é significativo, diz BCE

quarta-feira, 24 de maio de 2017 10:11 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - Os riscos à estabilidade financeira na zona do euro estão contidos mas continuam sendo significativos e até mesmo aumentaram em algumas regiões nos últimos seis meses, afirmou o Banco Central Europeu (BCE) em uma avaliação regular nesta quarta-feira.

Preocupações com a sustentabilidade da dívida aumentaram, enquanto a limpeza do setor bancário é lenta e o risco de uma reprecificação repentina nos mercados de títulos continua significativo, potencialmente levando a grandes perdas de capital, disse o BCE.

O alerta acontece no momento em que a zona do euro está apresentando seu melhor desempenho em uma década, levantando expectativas de que o BCE pode em breve começar a desfazer suas fortes medidas de estímulo.

"Os riscos à sustentabilidade da dívida soberana da zona do euro aumentaram ao longo dos últimos seis meses", disse o BCE. "Nas últimas semanas, entretanto, os spreads da zona do euro diminuíram e as condições de estresse dos países melhoram um pouco após o resultado da eleição presidencial na França."

O BCE acrescentou que os riscos derivados de mais uma rápida precificação nos mercados globais de renda fixa estão principalmente relacionados aos contágios dos Estados Unidos, mas um período prolongado de elevada incerteza política ou pressões inflacionárias acima do esperado na zona do euro podem também agir como catalisadores.

(Reportagem de Balazs Koranyi)