25 de Maio de 2017 / às 14:36 / 3 meses atrás

Acordo da Opep é positivo para investimentos da Petrobras, diz Parente

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ampliação do corte na produção de petróleo em nove meses, acertada por integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) nesta quinta-feira, é positiva para sustentar os preços da commodity e favorável para o plano de investimentos da Petrobras, afirmou nessa quinta-feira o presidente da companhia Pedro Parente.

A Opep decidiu prorrogar os cortes até março de 2018, disseram delegados do grupo, enquanto os países lidam para reduzir a sobreoferta do produto.

Parente afirmou que iniciativas para a sustentação de preços são bem-vindas, uma vez que a empresa tem um plano investimentos para o período de 2017 a 2021 de cerca de 75 bilhões de dólares, enquanto busca reduzir sua enorme dívida.

"Para a Petrobras é muito interessante e muito positivo, e certamente o nível de preços perto de 54 dólares, esse valor é bem superior que o valor do ano passado", declarou ele a jornalistas nesta quinta-feira.

O petróleo Brent operava a cerca de 53,80 dólares/barril por volta das 11h30 (horário de Brasília, em leve queda, uma vez que alguns investidores altistas esperavam um período mais longo para os cortes de produção.

"Isso nos dá muito mais tranquilidade e resultados para que a gente continue fazendo o nosso programa (de investimentos)", adicionou o CEO da estatal, ao comentar a decisão do grupo.

Por Rodrigo Viga Gaier e Marta Nogueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below