26 de Maio de 2017 / às 10:57 / 4 meses atrás

Mercados chineses encerram semana em alta, com compras do Estado compensando rebaixamento

XANGAI/CINGAPURA (Reuters) - Os mercados acionários da China reverteram as perdas anteriores e terminaram a semana com alta acumulada nesta sexta-feira, liderados pelo índice CSI300 que teve sua melhor semana em seis meses, com a suspeita de atuação direta do Estado compensando as preocupações sobre um rebaixamento surpresa da classificação de crédito do país pela Moody‘s.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,15 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,08 por cento.

Na semana, o CSI300 avançou 2,3 por cento, enquanto o SSEC teve alta de 0,6 por cento.

A confiança do mercado nesta semana foi pressionada por preocupações persistentes com as perspectivas de crescimento, após o rebaixamento da classificação pela Moody‘s, levando as ações de Xangai para a mínima de quase sete meses na quarta-feira.

Mas a forte alta do setor financeiro de Xangai, com suspeita de apoio do governo, elevou o mercado na quinta-feira, em meio às crescentes expectativas de que o índice global MSCI incorpore as ações chinesas do continente ao seu índice de referência no próximo mês.

Já o índice regional MSCI era pressionado pela queda nos preços do petróleo nesta sexta-feira, provocando um afastamento dos ativos mais arriscados depois que um acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo para ampliar os cortes na produção por mais nove meses decepcionou os investidores, que apostavam em maiores cortes de produção.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,02 por cento às 7:48 (horário de Brasília), se afastando da máxima de dois anos atingida na quinta-feira e reduzindo a alta acumulada na semana para 1,45 por cento.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,64 por cento, a 19.686 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,03 por cento, a 25.639 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,08 por cento, a 3.110 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,15 por cento, a 3.480 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,53 por cento, a 2.355 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,06 por cento, a 10.101 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,46 por cento, a 3.219 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,66 por cento, a 5.751 pontos.

Por Nichola Saminather, Luoyan Liu e John Ruwitch

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below