Petrobras pede esclarecimentos à Justiça após decisão em processo relacionado à Petros

quinta-feira, 1 de junho de 2017 09:18 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras solicitou esclarecimentos sobre alguns aspectos de uma decisão da Justiça Federal em um processo judicial relacionado à Fundação Petros, fundo de pensão dos funcionários, segundo comunicado da companhia nesta quinta-feira.

A estatal disse que a decisão, de primeira instância, reconheceu a dedutibilidade na base de cálculo de Imposto de Rende de Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das despesas relacionadas à repactuação do Plano Petros, mas essa dedução estaria limitada a 20 por cento do total dos salários dos empregados e da remuneração dos dirigentes da empresa.

A Petrobras ainda frisou que cabe recurso à instância superior, "não se tratando, portanto, de decisão definitiva."

Segundo o balanço do primeiro trimestre da Petrobras, o processo judicial referente à Petros tem perda classificada como possível e não foram feitas provisões.

(Por Luciano Costa)