ONS reduz projeção de chuva em hidrelétricas do Sudeste; eleva no Sul

sexta-feira, 2 de junho de 2017 12:59 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os lagos das hidrelétricas do Sudeste do Brasil, que concentram os maiores reservatórios, deverão receber em junho chuvas equivalentes a 102 por cento da média história, disse o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) nesta sexta-feira, reduzindo projeção anterior de 111 por cento.

O órgão elevou fortemente, no entanto, as previsões para o Sul, onde as precipitações deverão atingir neste mês 250 por cento da média, ante 147 por cento estimados na semana anterior, segundo relatório semanal do ONS.

Já as expectativas quanto à carga de energia, que representa o consumo mais as perdas na rede, ficaram estáveis, com perspectiva de elevação de 1,5 por cento neste mês na comparação com junho do ano passado.

Com as boas chuvas, o ONS espera que as hidrelétricas do Sul fechem o mês com cerca de 96 por cento de armazenamento nos reservatórios, ante 77 por cento atualmente. No Sudeste, os níveis fechariam o mês praticamente estáveis, em 43,6 por cento.

(Por Luciano Costa)