Atividade empresarial da zona do euro mantém ritmo de crescimento em maio, aponta PMI

segunda-feira, 5 de junho de 2017 07:16 BRT
 

Por Shrutee Sarkar

(Reuters) - A atividade empresarial da zona do euro permaneceu forte em maio sustentada pelo aumento da demanda, de acordo com a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), sugerindo que o ritmo de crescimento está colocando a economia na trajetória de uma recuperação sustentada.

O PMI Composto final do Markit para a zona do euro ficou em 56,8 em maio, inalterado ante o dado de abril e também em relação à leitura preliminar de maio. Ele permanece acima da marca de 50 que separa crescimento de contração desde meados de 2013.

O IHS Markit, que compila os dados, afirmou que eles são consistentes com crescimento do Produto Interno Bruto de 0,7 por cento no segundo trimestre. Pesquisa da Reuters junto a economistas apontou expectativa de expansão de 0,5 por cento.

"Parece provável que comecemos a ver muitas expectativas para o crescimento em 2017 sendo revisadas para cima", disse Chris Williamson, economista-chefe do Markit.

O PMI de serviços, entretanto, caiu a 56,3 em maio de 56,4 em abril, embora tenha ficado ligeiramente acima da preliminar de 56,2.