6 de Junho de 2017 / às 19:07 / 4 meses atrás

Preço do café robusta sobe com demanda e lentidão na colheita por chuvas, diz Cepea

Funcionário enche saca de 1 tonelada de café para exportação em armazém de café em Santos, no Brasil 10/12/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - Os preços de café robusta estão em alta no mercado brasileiro apesar de a colheita já estar em andamento no país, com uma demanda mais aquecida por parte das indústrias torrefadoras, afirmou nesta terça-feira o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Entre 29 de maio a 5 de junho, o indicador Cepea do robusta tipo 6, peneira 13 acima, subiu mais de nove reais por saca de 60 quilos (ou 2,2 por cento), passando para 427,55 reais/saca. No acumulado de maio (de 28 de abril a 31 de maio), a elevação é de 8,75 por cento.

Os valores do robusta tipo 7/8, por sua vez, subiram 2,6 por cento na semana e 8,55 por cento em maio --ambos à vista e a retirar no Espírito Santo.

“A colheita do robusta no Brasil está em ritmo lento, devido às chuvas, que interromperam as atividades. Assim, a oferta da variedade está enxuta, o que também ajuda a elevar as cotações”, afirmou o Cepea em nota.

Somado a isso, colaboradores do Cepea informam que a maturação dos grãos está mais lenta nesta temporada, por causa das precipitações e do clima mais ameno. Com isso, produtores têm restringido a colheita aos grãos mais maduros.

Por outro lado, as chuvas devem ajudar no desenvolvimento da safra do ano que vem, disse o Cepea, confirmando análise feita à Reuters na semana passada pelo engenheiro agrônomo Wander Ramos Gomes, coordenador técnico da Cooabriel, principal cooperativa de produtores de robusta do país, com sede em São Gabriel da Palha (ES).

Já para o arábica, que responde pela maior parte da produção do Brasil, o maiores volumes devem chegar ao mercado em meados de junho, elevando os negócios, uma vez que produtores precisam fazer caixa para a atividade de campo, acrescentou o Cepea.

Além disso, o ritmo um pouco mais lento da colheita de arábica resultou em maior procura pelo robusta, notou o centro de estudos da USP.

Devido às quedas consecutivas nas cotações internacionais, a liquidez no mercado brasileiro de arábica está baixa. O indicador Cepea do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a 455,87 reais/saca de 60 kg na segunda-feira, queda de 0,4 por cento em relação ao mesmo dia da semana anterior.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below