Reservas cambiais da China sobem mais que o esperado em maio com dólar fraco e controle de capital

quarta-feira, 7 de junho de 2017 09:39 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - As reservas cambiais da China aumentaram em maio pelo quarto mês consecutivo e a alta foi maior do que os mercados esperavam, com as medidas rigorosas de controle de capital e o enfraquecimento do dólar ajudando a conter as saídas.

As reservas aumentaram em 24 bilhões de dólares em maio, para a máxima de sete meses de 3,054 trilhões de dólares, ante alta de 21 bilhões de dólares em abril, mostraram dados do banco central nesta quarta-feira.

Essa foi a primeira vez desde junho de 2014 que as reservas crescem por quatro meses seguidos e foi a maior alta desde que as reservas voltaram a ficar acima do nível de 3 trilhões de dólares em fevereiro.

Economistas entrevistados pela Reuters esperavam que as reservas aumentassem em 10 bilhões de dólares.

Um dólar mais fraco impulsionou o valor de outras moedas e ativos detidos pela China em maio, informou a Administração Estatal de Câmbio em um comunicado explicando a alta.

A oferta e a demanda cambial ficaram basicamente equilibradas no mês, acrescentou.

As restrições mais duras na retirada de fundos do país impostas nos últimos meses continuam a dar um limite nas saídas de capital, disse o analista do Commerzbank Zhou Hao.

"Da perspectiva deles, eles fizeram um trabalho muito bem sucedido", disse.

(Por Yawen Chen e Kevin Yao)