June 7, 2017 / 4:45 PM / 2 months ago

Petrobras pressiona e Ibovespa perde força

2 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista perdia fôlego nesta quarta-feira, conforme as ações da Petrobras cediam diante da forte queda nos preços do petróleo no mercado internacional.

Às 13:37, o Ibovespa subia 0,24 por cento, a 63.106 pontos. No melhor momento do dia, o índice subiu 1,08 por cento, enquanto na mínima, chegou a cair 0,07 por cento. O giro financeiro era de 3,55 bilhões de reais.

Mais cedo, o tom positivo vinha na esteira do avanço da reforma trabalhista no Congresso Nacional, após a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado concluir, com placar apertado e sem nenhuma alteração, a votação da reforma trabalhista, que ainda precisará passar por outras comissões da Casa antes de seguir ao plenário.

O cenário político permanece no radar também conforme avança o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que vai definir o futuro do presidente Michel Temer no comando do país.

As ações PN da Petrobras caíam 1,6 por cento, enquanto as ON tinham baixa de 1,1 por cento, anulando os ganhos vistos mais cedo conforme os preços do petróleo no mercado internacional ampliavam as perdas diante do inesperado aumento dos estoques da commodity nos Estados Unidos. [O/R]

As ações da Smiles seguiam na liderança da ponta positiva, com alta de quase 4 por cento, após a empresa informar que será incorporada pela Webjet, em operação bem recebida por analistas, que apontam os benefícios fiscais da medida.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below