Justiça mantém aval para Petrobras seguir com transação de US$5,19 bi

quinta-feira, 8 de junho de 2017 10:02 BRT
 

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Justiça manteve decisão de liberar a venda de 90 por cento da participação da Petrobras na Nova Transportadora do Sudeste (NTS) ao consórcio liderado pelo grupo canadense Brookfield, por 5,19 bilhões de dólares, informou nesta quinta-feira a petroleira estatal.

Em sua decisão, o Pleno do Tribunal Regional Federal da 5ª Região negou, na quarta-feira, recurso proposto pelo autor da ação popular e manteve a suspensão da liminar que determinava a paralisação do negócio.

A venda da fatia na transportadora de gás NTS foi a mais importante do plano de desinvestimentos da Petrobras 2015-2016, quando foram anunciadas vendas de 13,6 bilhões de dólares. Uma assembleia extraordinária de acionistas da empresa aprovou em dezembro a venda da NTS.

A Petrobras disse ainda que, em outro processo, conseguiu suspender até 11 de setembro uma ação proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) que tinha como objetivo a retomada das obras de implantação da Unidade de Fertilizantes UFN III de Três Lagoas e a proibição da venda do ativo.

(Por Luciano Costa e Marta Nogueira)