Wall Street recua depois de aumento de juros pelo Fed; setor de tecnologia tem nova queda

quarta-feira, 14 de junho de 2017 18:24 BRT
 

(Reuters) - Um deslize nas ações do setor de tecnologia prejudicou o Nasdaq nesta quarta-feira e o S&P 500 terminou ligeiramente em queda, enquanto os investidores se preocupavam com o ritmo do crescimento econômico após números de inflação mais fracos do que o esperado e pelo aumento na taxa de juros do Federal Reserve, banco central norte-americano.

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,22 por cento, a 21.375 pontos, enquanto o S&P 500 .SPX perdeu 0,10 por cento, a 2.438 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq .IXIC recuou 0,41 por cento, a 6.195 pontos

O Nasdaq reduziu a sua perda em mais da metade numa recuperação tardia, tendo caído mais cedo 1 por cento, enquanto as ações financeiras impulsionaram o Dow Jones.

O banco central dos Estados Unidos citou o crescimento econômico dos Estados Unidos e a força do mercado de trabalho, prosseguindo com o seu primeiro ciclo de aperto em mais de uma década.

Mas alguns investidores se preocuparam com o tom hawkish do Fed e a preocupação com a subida da taxas de juros estava sendo refletida no setor de tecnologia, que liderou a alta do S&P 500 em quase 9 por cento este ano.

O setor de tecnologia .SPLRCT caiu 0,5 por cento, recuperando-se de perdas mais acentuadas ao longo da sessão e na sequência de sua maior queda em dois dias em quase um ano. O setor ainda acumula uma alta de 18 por cento em 2017.

"Eu acho que é mais do que vimos começar na semana passada, com uma negociação mais intensa... Se eles vão ficar mais nervosos sobre o mercado de ações, é onde você vai ver a venda (de ações)", disse William Delwiche, estrategista de investimentos da Robert W. Baird & Co em Milwaukee.

Mais cedo nesta quarta-feira, os dados mostraram que os preços ao consumidor nos Estados Unidos caíram inesperadamente em maio e as vendas no varejo registraram a maior queda em 16 meses.