5 de Julho de 2017 / às 12:12 / em 3 meses

Governo quer gerar recursos para Eletrobras e Tesouro com usinas antigas, diz fonte

Sede de Eletrobras no Rio de Janeiro. 20/08/2014 REUTERS/Pilar Olivares

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governo trabalha em uma proposta para alterar o regime de venda de energia de hidrelétricas mais antigas da estatal Eletrobras, que assim poderia comercializar a produção a preços maiores no mercado de eletricidade, gerando recursos que poderiam ser compartilhados entre a estatal, o Tesouro e os consumidores, disse à Reuters uma fonte.

Segundo a fonte, próxima do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, a medida deve fazer parte de propostas que o ministério tem fechado junto à sua equipe e devem ser divulgadas nesta semana, em meio a uma tentativa do governo de promover uma reforma da regulamentação do setor elétrico.

A fonte, que falou sob a condição de anonimato, disse que não está sendo considerada neste momento a hipótese de privatização integral de subsidiárias da Eletrobras, como Furnas, Chesf, Eletronorte e Eletrosul.

“A privatização das empresas não está na agenda do governo”, disse.

O jornal O Estado de S. Paulo publicou nesta quarta-feira que o governo poderia autorizar a privatização de empresas do Grupo Eletrobras, como Furnas e Chesf.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below