BC diz que economia alemã permanece robusta, mas faz alerta sobre agosto

segunda-feira, 22 de setembro de 2014 07:36 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A economia da Alemanha continua robusta, afirmou o banco central do país nesta segunda-feira, prevendo um final de ano positivo no geral apesar da desaceleração até o momento.

Em seu relatório mensal para setembro, o BC afirmou que a indústria alemã foi impulsionada em julho pelo fato de que houve menos feriados escolares durante aquele mês. Entretanto, agosto, segundo o banco central, foi o oposto.

"As perspectivas econômicas para a Alemanha se tornaram mais fracas desde meados do ano", escreveram autoridades no relatório, citando "tensões geopolíticas", uma referência ao conflito na Ucrânia que já afetou a confiança empresarial.

"Entretanto, a tendência econômica geral deve permanecer positiva apesar da desaceleração na velocidade de expansão na primeira metade de 2014."

A economia alemã encolheu ligeiramente no segundo trimestre do ano, levando alguns agentes, incluindo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a cortar sua projeção de crescimento para o país no ano.

E embora o governo estime que a economia vai se expandir 1,8 por cento neste ano, o ministro das Finanças, Wolfgang Schaeuble, afirmou que o número pode ficar aquém dessa projeção, segundo fontes.

O BC alemão mostrou-se cauteloso sobre agosto, alertando contra um desempenho tão forte quanto julho, porque mais feriados escolares foram transferidos para aquele mês.

A produção industrial alemã registrou em julho o maior aumento mensal desde março de 2012.

(Reportagem de John O'Donnell)