Mitsubishi aposta em salmão com oferta de US$1,4 bi por norueguesa Cermaq

segunda-feira, 22 de setembro de 2014 09:43 BRT
 

OSLO (Reuters) - A Mitsubishi ofereceu 1,4 bilhão de dólares pela empresa norueguesa de pesca Cermaq, em uma oferta em dinheiro que pode assegurar uma fatia maior do mercado de salmão para o grupo japonês, conforme dá foco aos gostos dos consumidores cada vez mais orientados para a saúde.

A oferta desta segunda-feira - de 96 coroas (15,12 dólares) por ação, representando um prêmio de 14 por cento ante o fechamento do papel na sexta-feira - foi aceita pelo Conselho da Cermaq e tem o apoio do governo norueguês, o maior acionista da empresa com fatia de 59 por cento.

No entanto, o governo também disse que se reservava o direito de escolher outro ofertante, alimentando esperanças de investidores por uma contraoferta nesta segunda-feira e ajudando o papel a ultrapassar a marca de 98 coroas. A Marine Harvest, maior do mundo, fez uma fracassada oferta hostil pela Cermaq no ano passado.

Às 9h25 (horário de Brasília), as ações da Cermaq eram negociadas a 96,25 coroas, com alta de 14,58 por cento.

"O preço de oferta nos parece justo, avaliando a Cermaq a um valor de empresa sobre quilogramas (de peixe) de 67 coroas, enquanto normalmente vemos estes acordos fechados por volta de 60 coroas", disseram analistas do ABN Amro em nota para clientes.

"Podemos imaginar que a Mitsubishi vai usar a Cermaq como um degrau para consolidação adicional da indústria de salmão no Chile, ainda relativamente fragmentada."

Segundo o ABN, a Cermaq gera entre 50 a 60 por cento de suas receitas no Chile, sendo uma das três maiores empresas com cerca de 12 por cento de participação no mercado. A Mitsubishi, que tem buscado diversificação para longe de seu foco em recursos naturais, já detém uma fazenda de salmão no Chile.

(Por Balazs Koranyi e Joachim Dagenborg)