Ações europeias recuam por dados econômicos decepcionantes

terça-feira, 23 de setembro de 2014 14:27 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - As ações europeias caíram pelo segundo dia nesta terça-feira, após dados terem mostrado contração na atividade de negócios na França e crescimento mais lento da indústria alemã neste mês.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com queda de 1,34 por cento, aos 1.374 pontos, após ter atingido mínima de uma semana. O índice recuou 0,6 por cento na segunda-feira.

As ações do austríaco Raiffeisen Bank International, que despencou 10 por cento, lideraram as quedas no índice FTSEurofirst 300. O banco disse que pode perder até 500 milhões de euros (645 milhões de dólares) neste ano devido a problemas na Ucrânia e na Hungria.

O índice francês CAC 40 teve desempenho mais fraco que outros mercados regionais depois que dados publicados pelo Markit mostraram que a atividade de negócios na segunda maior economia da zona do euro registrou contração neste mês, conforme os serviços tiveram mais fraqueza que o esperado.

Dados para a Alemanha mostraram que o setor privado cresceu pelo 17º mês consecutivo em setembro, mas a taxa de expansão da indústria foi a mais lenta desde junho de 2013. De modo geral para a zona do euro, a atividade empresarial teve expansão a um ritmo ligeiramente mais fraco que o esperado em setembro, com empresas cortando preços pelo 30º mês seguido.

"Para os mercados, a zona do euro permanece estagnada. Sua recuperação --especialmente em termos de Produto Interno Bruto (PIB) nominal-- não é forte o suficiente para garantir um impulso significativo aos lucros corporativos", disse o Credit Suisse.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,44 por cento, a 6.676 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,58 por cento, a 9.595 pontos.   Continuação...