TCU vê indícios de irregularidades em reajustes de contratos da Rnest, da Petrobras

quarta-feira, 24 de setembro de 2014 16:18 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Tribunal de Contas da União (TCU) considerou nesta quarta-feira que existem indícios de irregularidades em reajustes de contratos da obra da Refinaria do Nordeste, da Petrobras.

Segundo o ministro José Jorge, o TCU determinou a revisão de modelo de reajuste em quatro contratos da obra da Rnest, que está próxima de entrar em operação, em Pernambuco.

De acordo com a decisão do TCU, as mudanças no modelo de reajuste enxugariam os contratos em 125 milhões de reais.

A Petrobras ainda pode recorrer da decisão do TCU.

(Por Leonardo Goy)