FPSO Cidade de Ilhabela segue para campo de Sapinhoá, diz Petrobras

quarta-feira, 24 de setembro de 2014 19:43 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A unidade de produção flutuante FPSO Cidade de Ilhabela está a caminho da campo de Sapinhoá, no pré-sal da Bacia de Santos, no litoral do Estado de São Paulo, informou a Petrobras nesta quarta-feira.

A FPSO, sigla em inglês que identifica uma unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de óleo, deverá colaborar com a produção da estatal este ano, com previsão de operar no quarto trimestre.

A Petrobras tem meta de aumentar da extração nacional de petróleo no ano em 7,5 por cento ante 2013, com variação de 1 ponto percentual para cima ou para baixo.

Ancorado em águas com profundidade de 2.140 metros, o Cidade de Ilhabela será conectado a oito poços produtores e sete poços injetores.

A unidade terá capacidade de produzir até 150 mil barris de óleo por dia (bpd), comprimir até 6 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia e armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo.

A área de Sapinhoá, originalmente denominada Guará, está localizada no bloco exploratório BM-S-9.

A Petrobras é operadora do consórcio que desenvolve o BM-S-9 (com 45 por cento de participação), em parceria com a BG E&P Brasil Ltda (30 por cento) e Repsol Sinopec Brasil SA com (25 por cento).