Desemprego no Brasil sobe a 5%, mas tem menor nível para agosto

quinta-feira, 25 de setembro de 2014 13:17 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier e Camila Moreira

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - A taxa de desemprego do Brasil subiu pelo segundo mês seguido e atingiu 5 por cento em agosto, mas manteve-se em níveis historicamente baixos, ao mesmo tempo em que a renda média da população voltou a subir às vésperas das eleições presidenciais.

Segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira, a taxa de desemprego é a menor para agosto da série, iniciada em março de 2002.

Ainda assim, a taxa de agosto é a segunda maior do ano, repetindo o patamar de março e abaixo apenas de fevereiro (5,1 por cento). O resultado do mês passado ficou pouco acima de pesquisa da Reuters, cuja mediana apontou que a expectativa era de que a taxa de desemprego atingisse 4,9 por cento em agosto. BRUNR=ECI

"Em agosto, houve geração de vagas, mas não foi significativa para absorver os desempregados", afirmou o coordenador da pesquisa, Cimar Azeredo. "O motivo é que a economia não está gerando postos de trabalho", acrescentou.

Ele destacou que o trabalho informal começa a apontar crescimento. O emprego sem carteira subiu 2,4 por cento em agosto sobre o mês anterior e o trabalho por conta própria aumentou 1,3 por cento, enquanto o emprego com carteira assinada aumentou apenas 0,7 por cento.

"É um mercado que até gera vagas, mas aumenta a fila da desocupação... Temos uma estabilidade (na taxa de desemprego)", completou Azeredo, para quem o aumento do trabalho informal agora pode estar relacionado com eleições e Copa do Mundo.

Após adiar a divulgação de dados por três vezes seguidas devido à greve de servidores, o IBGE mostrou ainda por meio da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) que a taxa de desemprego ficou em 4,9 por cento em maio, caindo a 4,8 por cento em junho e indo a 4,9 por cento em julho.

  Continuação...

 
Pessoas olham vagas de emprego no centro de São Paulo. 13/08/2014 REUTERS/Paulo Whitaker