Abiove estima nova safra de soja do Brasil em recorde de 91 mi t

quinta-feira, 25 de setembro de 2014 16:06 BRT
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de soja do Brasil deverá crescer 5,4 por cento e alcançar um recorde de 91 milhões de toneladas em 2014/15, favorecida por um aumento de área e produtividades melhores, estimou nesta quinta-feira a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), entidade que reúne as principais empresas do setor.

Para a safra 2013/14, já encerrada, a associação estimou volume de 86,3 milhões, 200 mil toneladas abaixo da estimativa anterior.

"Ainda vemos um pouco de aumento de área, porque o mercado se alterou bastante nos últimos meses (com queda de preços), mas os produtores já tinham tomado suas decisões meses atrás, com compra de insumos", observou o secretário-geral da Abiove, Fábio Trigueirinho.

Ele disse que a entidade e as indústrias são "conservadoras" ao estimar produtividade, diferente de algumas consultorias que observam o potencial máximo das lavouras.

"Em 30 milhões de hectares, tem que se pensar que vai dar algum problema pontual", disse. A produtividade por hectare é vista pela Abiove em cerca de 3,1 toneladas por hectare.

O crescimento da oferta deverá puxar também todos os outros indicadores do setor: volumes de exportação e esmagamento de grãos, produção de farelo e de óleo e os estoques.

O processamento de soja deverá subir para um recorde 38,3 milhões de toneladas em 2015, ante 36,8 milhões em 2014, permitindo um aumento de 1,2 milhão de toneladas na produção de farelo, para 29,1 milhão, e crescimento de 300 mil toneladas na produção de óleo de soja, que atingirá 7,4 milhões de toneladas.

Os estoques de grãos vão subir 51 por cento ao final de 2015, para 5,78 milhões de toneladas, maior nível desde 2011.   Continuação...