Crescimento do PIB dos EUA no 2º tri é o mais rápido em 2 anos e meio

sexta-feira, 26 de setembro de 2014 12:05 BRT
 

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON (Reuters) - A economia dos Estados Unidos cresceu no ritmo mais rápido em dois anos e meio no segundo trimestre, com todos os setores contribuindo para o salto na produção em um sinal favorável para o restante do ano.

O Departamento do Comércio elevou nesta sexta-feira sua estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) para mostrar que a economia cresceu a uma taxa anual de 4,6 por cento. O número ficou em linha com as expectativas de Wall Street.

O melhor desempenho desde o quarto trimestre de 2011 refletiu um ritmo mais rápido de gastos empresariais e um crescimento mais forte nas exportações do que estimado anteriormente.

Mas os gastos de consumidores, que respondem por mais de dois terços da atividade econômica dos EUA, não foram revisados uma vez que gastos mais fortes com saúde foram compensados por fraquezas em gastos com lazer e bens duráveis.

Com a demanda doméstica aumentando no ritmo mais rápido desde 2010, a recuperação econômica parece mais duradoura depois da contração no primeiro trimestre devido a um inverno excepcionalmente frio.

Até o momento, dados econômicos como atividade industrial, comércio e moradias sugerem que muito do ímpeto do segundo trimestre passou para o terceiro trimestre. As estimativas de crescimento para o período de julho a setembro chegam a até 3,6 por cento.

A estimativa anterior para o PIB era de um avanço de 4,2 por cento no segundo trimestre. A economia registrou contração de 2,1 por cento no primeiro trimestre.

O ritmo forte do crescimento da demanda doméstica ajuda a explicar os ganhos de empregos robustos durante o trimestre, como também a forte queda na taxa de desemprego.   Continuação...

 
Operários em construção de casa nova em Carlsbad, na Califórnia. 22/09/2014 REUTERS/Mike Blake