Plantio de soja em Mato Grosso mostra-se adiantado, aponta Imea

sexta-feira, 26 de setembro de 2014 12:43 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os agricultores de Mato Grosso, maior produtor de soja do Brasil, já semearam cerca de 150 mil hectares da safra 2014/15, cujo plantio começou oficialmente há cerca de 10 dias, informou nesta sexta-feira o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

A área plantada no momento corresponde a 1,7 por cento do total estimado para o Estado, que deve semear um recorde de 8,8 milhões de hectares. Uma semana atrás, a área plantada era de 0,3 por cento do total, indicando que foi feito plantio de quase 125 mil hectares em uma semana.

Na comparação com o mesmo estágio da safra 2013/14, o plantio atual está adiantado em cerca de 1 ponto percentual, com produtores em algumas áreas aproveitando chuvas para iniciar o plantio de variedades precoces, em busca de uma segunda safra de milho ou algodão dentro da janela climática ideal.

Contando com um tempo favorável, o Mato Grosso poderá colher quase 28 milhões de toneladas de soja, ou cerca de 30 por cento de uma safra brasileira estimada em um recorde de mais de 90 milhões de toneladas.

Na quinta-feira, o ministro da Agricultura, Neri Geller, que é produtor de grãos em Mato Grosso, disse que em poucas vezes nos últimos 30 anos viu-se um início de plantio com precipitações tão estáveis. [nL2N0RQ2GG]

A Somar Meteorologia aponta uma continuação das chuvas no Centro-Oeste, mas com irregularidades.

"Os modelos mais estendidos indicam que nos primeiros dias de outubro temos melhor chance para chuva no Brasil central, mas esta chuva ainda será na forma de pancadas, com valores bem irregulares de uma cidade para outra", disse a Somar em um relatório nesta sexta-feira.

No Paraná, segundo maior Estado produtor de soja do país, o plantio já avançou para 7 por cento da área prevista para esta temporada, disse na quinta-feira o Deral, órgão de pesquisa do governo estadual. [nE6N0QR015]

(Por Gustavo Bonato)