Investidores retiram US$10 bi sob gestão da Pimco com saída de Bill Gross, diz WSJ

segunda-feira, 29 de setembro de 2014 08:05 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A saída de Bill Gross da empresa de investimentos Pimco teve um impacto imediato sobre a companhia, uma vez que investidores retiraram cerca de 10 bilhões de dólares na sequência do anúncio, publicou o Wall Street Journal, citando uma fonte familiarizada com o tema.

As retiradas eram amplamente esperadas após a saída de Gross, um dos co-fundadores da empresa, que anunciou sua saída na sexta-feira. Gross administrava o fundo Pimco Total Return, maior fundo de bônus do mundo, com 222 bilhões de dólares.

Na sexta-feira, o analista da Morningstar Vincent Lui estimou que a saída de Gross poderia levar investidores a retirar centenas de bilhões de dólares em ativos da Pimco e investi-los com o Janus Capital Group, empresa da qual Gross passou a fazer parte.

Investidores já retiraram quase 70 bilhões de dólares do principal fundo mútuo de Gross de maio de 2013 a agosto de 2014, segundo dados da Morningstar, reduzindo os ativos do fundo de um pico de 292,9 bilhões de dólares, registrado em abril de 2013.