Governo da China lança campanha na mídia para apoiar transgênicos

terça-feira, 30 de setembro de 2014 11:47 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O governo chinês lançou uma campanha de mídia em apoio a grãos geneticamente modificados, em um momento em que sofre com uma onda de publicidade negativa sobre a tecnologia que as autoridades projetam que terá papel essencial na garantia da segurança alimentar no país.

O Ministério da Agricultura anunciou no início da semana que irá tentar informar o público sobre transgênicos por meio de televisão, jornais e internet.

O governo espera abafar um sentimento anti-transgênicos que ganhou força após uma série de incidentes, como relatos de que uma variedade de arroz geneticamente modificado foi vendido ilegalmente em um supermercado no centro do país.

Há tempos Pequim apoia os transgênicos, que são vistos como amplamente seguros e uma ferramenta importante para ajudar alimentar a maior população do mundo.

Por outro lado, críticos afirmam que a tecnologia pode impor riscos à saúde e, embora a China autorize a importação de alguns grãos transgênicos, o cultivo doméstico ainda não foi autorizado.

A China importa milhões de toneladas de soja transgênica todos os anos para alimentar o maior rebanho de suínos do mundo e para produzir cerca de 40 por cento do óleo vegetal consumido no país.

A China consome cerca de um terço de toda a soja produzida no planeta.

"Nós criaremos uma atmosfera social que seja benéfica para um desenvolvimento saudável da indústria de transgênicos", disse o Ministério da Agricultura em um comunicado.

  Continuação...