Confiança de serviços recua 3,2% em setembro, diz FGV

quarta-feira, 1 de outubro de 2014 08:28 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança de Serviços (ICS) caiu 3,2 por cento em setembro contra agosto, menor nível em mais de cinco anos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

Com isso, o indicador foi a 100,7 pontos em setembro, contra 104,0 pontos em agosto, chegando ao menor nível desde março de 2009 (100,4 pontos).

"A queda da confiança do setor de serviços no terceiro trimestre decorre principalmente de avaliações desfavoráveis sobre o contexto atual, embora as perspectivas para os próximos meses continuem pessimistas", destacou o consultor da FGV/IBRE Silvio Sales, em nota.

Segundo ele, entre o segundo e o terceiro trimestres, o índice de confiança caiu 5,3 por cento, com as avaliações sobre a situação atual recuando 10,2 por cento e as expectativas cedendo 1,5 por cento, "reforçando os sinais de um cenário de baixo crescimento até o final do ano por cento".

A FGV informou ainda que em setembro o Índice da Situação Atual (ISA-S) caiu 6,2 por cento na comparação com agosto, após ter subido 0,8 por cento anteriormente, chegando a 82,0 pontos, menor nível da série histórica iniciada em junho de 2008.

Já o Índice de Expectativas (IE-S) perdeu 1,0 por cento em setembro, ante queda de 5,7 por cento em agosto.

(Por Camila Moreira)