Cade aprova joint venture entre Bradesco e BB envolvendo programas de fidelidade

quarta-feira, 1 de outubro de 2014 08:32 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a constituição de uma joint venture entre o Banco do Brasil e o Bradesco para centralização de algumas atividades dos programas de fidelidade oferecidos aos portadores de cartões emitidos pelos bancos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

Em maio, as companhias divulgaram que haviam iniciado tratativas para o negócio, que seria feito através da Livelo, sociedade na qual Bradesco e BB possuem 50,01 e 49,99 por cento, respectivamente, por meio da Companhia Brasileira de Soluções e Serviços (CBSS).

Em documento submetido ao Cade, os bancos informaram que cada um continuará tendo completa independência para estabelecer sua própria política de benefícios a ser oferecida aos portadores dos cartões.

"Com o avanço na implantação da operação, pretende-se que a Livelo passe a atuar como um programa de fidelidade por coalizão, de forma semelhante a outros agentes atualmente em atividade no mercado", disseram as empresas.

"Com isso, além de os clientes originais da Livelo poderem resgatar prêmios oferecidos por empresas parceiras, estas também poderão celebrar parcerias com a Livelo para atribuir a seus clientes 'pontos Livelo'", completaram.

(Por Marcela Ayres)