Indústria dos EUA cresce em setembro, com melhora no emprego, mostra PMI

quarta-feira, 1 de outubro de 2014 11:00 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A indústria manufatureira norte-americana cresceu em setembro, mas em ritmo mais lento do que em agosto, enquanto o emprego no setor cresceu no melhor ritmo desde março de 2012, mostrou o Índice Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) final do Markit nesta quarta-feira.

O PMI recuou a 57,5 ​​no mês passado, comparado a 57,9 em agosto e 57,9 segundo o dado preliminar. Leituras acima de 50 são sinais de expansão da atividade econômica.

"A leitura do PMI de setembro, de fato, coroa o trimestre mais forte já registrado pela pesquisa desde a crise financeira, batendo por pouco o pico anterior visto quando a economia estava se recuperando da recessão no segundo trimestre de 2010", disse o economista-chefe do Markit, Chris Williamson.

O subíndice de produção também recuou a 59,6 em setembro, ante 60,7 em agosto, enquanto o componente de emprego subiu para 56,4 na leitura final, sobre 54,6 em agosto.

(Reportagem de Michael Connor)