Fiat diz que investigação na Europa sobre acordo fiscal não terá impacto relevante

quinta-feira, 2 de outubro de 2014 08:44 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A Fiat-Chrysler reiterou nesta quinta-feira que um acordo fiscal concedido por Luxemburgo a uma de suas subsidiárias é legítimo e disse que o potencial impacto financeiro de uma investigação da Comissão Europeia sobre o assunto não será significativo.

Um benefício fiscal que as autoridades de Luxemburgo concederam à Fiat Finance and Trade em 2012 pode constituir um auxílio estatal ilegal, afirmou a Comissão Europeia mais cedo nesta semana.

A investigação se concentra na aprovação de autoridades de Luxemburgo de um arranjo envolvendo preços de transferência da Fiat Finance and Trade, que empresta dinheiro a outras empresas da Fiat.

A prática constitui na fixação de preços para transações intragrupo, o que afeta a taxa de imposto que as multinacionais pagam em diferentes países.

"A Fiat mantém a confiança na legitimidade do processo de decisão fiscal sobre a Fiat Finance and Trade em Luxemburgo, e, em todo caso, é da opinião de que a potencial exposição financeira do grupo associada ao caso é irrelevante", afirmou a Fiat em um comunicado.