Abiove avalia elevar previsão de exportação de soja do Brasil em 2014

quinta-feira, 2 de outubro de 2014 14:17 BRT
 

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) - A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) avalia revisar sua previsão de exportação de soja do Brasil neste ano, após os volumes acumulados até setembro terem chegado muito próximos das 45 milhões de toneladas previstas para 2014, disse nesta quinta-feira o economista da associação.

"Precisamos, contudo, ver o mês de outubro e o mercado, pois a safra americana será escoada e competirá com a brasileira. Por isso, ainda não temos um número, mas assim que tivermos vamos comunicar o mercado”, afirmou Daniel Amaral.

A programação de navios para embarque de soja indica 300 mil toneladas de exportações apenas no início de outubro, em um momento em que os embarques da oleaginosa tradicionalmente perdem força, com a oferta para vendas externas ficando mais escassa.

Além disso, com o desenvolvimento da colheita da safra nova dos Estados Unidos, o Brasil também acaba praticamente saindo do mercado ao final do ano. Ainda assim, consegue embarcar alguns volumes importantes no quarto trimestre --em 2013, os embarques somaram mais de 2 milhões de toneladas no período.

EUA e Brasil deverão disputar a liderança global na exportação de soja em 2014/15, após os brasileiros terem fechado as últimas duas safras na frente dos norte-americanos, segundo o Departamento de Agricultura norte-americano (USDA).

No acumulado do ano de janeiro a setembro, as exportações de soja do Brasil já atingiram volume recorde de 44,6 milhões de toneladas, com o país escoando uma produção histórica, contando também com a forte demanda da China, principal importador global.

Os volumes históricos embarcados fizeram da soja em grão, de janeiro a setembro, o principal produto de exportação do Brasil, com exportações de 22,75 bilhões de dólares, crescimento de 5,8 por cento pela média diária ante o mesmo período de 2013, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

No ano passado, as exportações brasileiras somaram 42,8 milhões de toneladas, o recorde anterior de embarques brasileiros.   Continuação...