Datagro reduz previsão de produção de açúcar do Brasil para 35,7 mi t

quinta-feira, 2 de outubro de 2014 19:22 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Datagro estimou nesta quinta-feira a produção de açúcar do Brasil na temporada 2014/15 em 35,7 milhões de toneladas, ante 36,3 milhões de toneladas na previsão do final de agosto, com uma expectativa menor para a principal região produtora do país, o centro-sul, onde os trabalhos de moagem de cana caminham para a fase final.

A produção de açúcar do centro-sul foi estimada pela consultoria em 32,2 milhões de toneladas, ante 32,8 milhões na projeção anterior, impactada por uma menor moagem em função da seca que afetou as lavouras de cana este ano.

Segundo o diretor da Datagro, Guilherme Nastari, o ajuste na produção foi feito com base nas análises de campo realizadas pelas equipes da consultoria.

"A qualidade da cana está ruim, este é o efeito da seca até agora", disse ele à Reuters, após palestra no Congresso Internacional de Bioenergia, em São Paulo.

A produtividade agrícola da safra do centro-sul até o momento na safra tem uma média de 76 toneladas de cana por hectare, o que representa uma queda de 11,5 por cento ante o mesmo período do ano passado.

A consultoria previu a moagem de cana do centro-sul do Brasil 2014/15 em 552 milhões de toneladas, queda de 8 milhões de toneladas ante a projeção divulgada no início de setembro, por conta da seca.

No Brasil, incluindo o Nordeste, a projeção de moagem foi reduzida para 609,5 milhões de toneladas, versus 612 milhões de toneladas na previsão anterior.

A Datagro estimou ainda a produção de etanol do centro-sul em 24,02 bilhões de litros, estável ante previsão de setembro. No caso da produção brasileira do biocombustível, a consultoria vê 26,1 bilhões de litros, versus 25,9 bilhões na projeção anterior.

(Por Gustavo Bonato)