Preço médio dos imóveis sobe 0,55 por cento em setembro, diz Fipezap

sexta-feira, 3 de outubro de 2014 10:21 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O preço médio do metro quadrado dos imóveis anunciados em 20 cidades teve alta de 0,55 por cento em setembro em relação a agosto, e acordo com o índice FipeZap Ampliado, divulgado nesta sexta-feira.

A medição anterior mostrou avanço de 0,68 por cento em agosto em comparação com julho.

Em setembro, Rio de Janeiro e São Paulo, registraram, cada alta de 0,4 por cento, ligeiramente abaixo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) esperado para o período, de 0,43 por cento, de acordo com o Boletim Focus, do Banco Central.

No acumulado dos nove meses do ano, o indicador subiu 5,4 por cento, 0,9 ponto percentual acima das expectativas para o IPCA do período, também com base no Focus.

"Pode-se afirmar, portanto, que em média o preço do metro quadrado apresenta pequeno aumento real neste ano, mas em seis cidades os preços já sobem menos do que a inflação", de acordo com comunicado à imprensa.

As cidades citadas são Brasília (com recuo de 0,99 por cento no ano), Recife (3,93 por cento), Porto Alegre (3,41 por cento), Curitiba (0,97 por cento), Contagem (3,29 por cento) e Santos (2,49 por cento).

A cidade com o metro quadrado mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (10.793 reais), seguida por São Paulo (8.277 reais) e Brasília (8.090 reais).

(Por Juliana Schincariol; Edição de Anna Flávia Rochas)

 
Prédios de apartamentos em construção no Rio de Janeiro. 27/06/2014 REUTERS/Ricardo Moraes