Facebook recebe aprovação da UE para compra do WhatsApp por US$19 bi

sexta-feira, 3 de outubro de 2014 08:30 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O Facebook recebeu nesta sexta-feira aprovação da União Europeia para a compra da companhia de mensagens entre dispositivos móveis WhatsApp por 19 bilhões de dólares, em um acordo que coloca a maior rede social do mundo contra a indústria de telecomunicações.

O negócio é o maior dos 10 anos de história do Facebook e dará à companhia uma forte presença no mercado de rápido crescimento de mensagens móveis.

O WhatsApp está posicionado para se tornar um potencial concorrente poderoso para companhias como Deutsche Telekom, Orange e Telecom Italia, com seu plano de adicionar chamadas de voz gratuitas para seus 450 milhões de usuários ainda neste ano.

A Comissão Europeia disse que o acordo entre o Facebook e o WhatsApp não prejudica a competição.

"Analisamos cuidadosamente essa aquisição proposta e chegamos à conclusão de que não vai prejudicar a concorrência neste mercado crescente e dinâmico. Os consumidores continuarão a ter uma ampla escolha de aplicativos de comunicação", disse o comissário responsável por competição da UE, Joaquín Almunia.

Reguladores dos Estados Unidos aprovaram o acordo em abril.

O WhatsApp e rivais como KakaoTalk, WeChat e Viber têm nos últimos anos conquistado clientes das operadoras de telecomunicações, representando uma séria ameaça às receitas do setor com transmissão de mensagens, que totalizou cerca de 120 bilhões de dólares no ano passado, segundo a empresa de pesquisa de mercado Ovum.