BHP busca cortar custos de minério de ferro para ser fornecedora mais barata

segunda-feira, 6 de outubro de 2014 07:11 BRT
 

LONDRES/MELBOURNE (Reuters) - A BHP Billiton pretende reduzir seus custos de produção de minério de ferro em mais de 25 por cento e extrair mais toneladas de suas minas, uma vez que visa ultrapassar a rival Rio Tinto como a produtora mais barata do mundo, disse a maior mineradora do mundo nesta segunda-feira.

A BHP, a terceira maior produtora de minério de ferro atrás da brasileira Vale e da Rio Tinto, delineou o plano de corte de custos e expansão mesmo com os preços do minério de ferro tendo caído 42 por neste ano, uma vez que a companhia vê a demanda aumentando a médio prazo.

"Vamos continuar a espremer o limão porque no final do dia isso é agregador de valor", disse Jimmy Wilson, chefe da divisão de minério de ferro da BHP, a repórteres em uma videoconferência.

O foco das companhias deslocou-se para o corte de custos enquanto os preços do minério de ferro caíram de cerca de 190 dólares a tonelada em 2011 para menos de 80 dólares agora, despencando para mínimas de cinco anos enquanto o crescimento da oferta das megaprodutoras ultrapassou o crescimento da demanda em mais que o dobro.

A BHP disse que pretende reduzir os custos de produção, excluindo frete e royalties, para menos de 20 dólares por tonelada, no médio prazo, ante 27,50 dólares para o ano financeiro de 2014. Isso se compara com o custo em dinheiro da Rio Tinto de 20,40 dólares a tonelada no primeiro semestre de 2014.

(Silvia Antonioli e Sonali Paul)