Ações japonesas disparam e Hong Kong sobe com diminuição dos protestos

segunda-feira, 6 de outubro de 2014 07:43 BRT
 

Por Hideyuki Sano

TÓQUIO (Reuters) - A maioria das bolsas da Ásia avançou nesta segunda-feira, depois que dados positivos sobre emprego nos Estados Unidos aliviaram as preocupações sobre a desaceleração do crescimento global.

Às 7h38 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,26 por cento.

No Japão, o índice Nikkei saltou 1,2 por cento, enquanto o índice Hang Seng de Hong Kong subiu 1,1 por cento após ativistas pró-democracia terem reduzido os protestos.

A criação de vagas fora do setor agrícola dos EUA chegou a 248 mil no mês passado e a taxa de desemprego caiu para 5,9 por cento, a menor desde julho de 2008, informou o Departamento do Trabalho na sexta-feira.

As ações em Wal Street subiram mais de 1 por cento na sexta-feira, e o índice S&P 500 registrou seu melhor dia desde agosto, alcançando 1.968 pontos.

O dólar se fortaleceu graças aos dados que destacaram a relativa força da economia norte-americana frente à fraqueza em várias outras economias importantes, que tem suscitado dúvidas sobre a força da economia global.