Café dispara em NY com previsão de clima seco no Brasil

segunda-feira, 6 de outubro de 2014 11:17 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do café arábica na ICE, em Nova York, subiram mais de 9 por cento nesta segunda-feira, para uma máxima de mais de 2 anos e meio, devido a previsões feitas no fim de semana sobre clima seco no Brasil, principal país produtor.

O primeiro contrato do arábica tocou 2,2550 dólares por libra-peso, maior cotação desde janeiro de 2012, mas depois devolveu parte dos ganhos. Às 11h17 (horário de Brasília), ele era negociado com alta de 6,4 por cento, a 2,1985 dólares.

"O mês de outubro está se mostrando bem mais seco do que originalmente previsto", disse Kona Haque, chefe de pesquisa da trading de commodities ED&F Man.

"As previsões do final de semana estão mostrando uma primeira quinzena de outubro mais seca que o esperado. Estamos focados na florada da safra brasileira 2015/16", afirmou.

(Por David Brough)