Venda antecipada da soja 2014/15 no Brasil está em apenas 10%, diz Céleres

segunda-feira, 6 de outubro de 2014 13:16 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A negociação antecipada da safra de soja 2014/15, que está começando a ser plantada no país, atingiu apenas 10 por cento do volume projetado, contra 28 por cento no mesmo período do ano passado, disse nesta segunda-feira a consultoria Céleres.

Agricultores têm estado retraídos no fechamento de novos negócios devido aos preços baixos oferecidos nas regiões produtoras, acompanhando uma acentuada redução nas cotações internacionais em meio a safras recordes no Brasil e nos EUA.

Neste cenário de retração nos negócios, os prêmios oferecidos por compradores internacionais nos portos brasileiros para a soja com entrega nos primeiros meses de 2015 subiram nas últimas semanas e estão acima dos patamares vistos um ano atrás, numa indicação de que o mercado tenta destravar as vendas antecipadas do produto.

Por outro lado, a Céleres projeta que "não há perspectiva de retomada do mercado no curto prazo, tendo em vista a boa safra nos Estados Unidos e a tendência de aumento da oferta sul-americana".

A consultoria estimou a safra brasileira de soja 2014/15 em um recorde de 91,3 milhões de toneladas, mantendo o volume projetado no mês passado, que representa um aumento de quase 6 por cento ante a temporada anterior.

Para o milho, a Céleres manteve a projeção de uma primeira colheita de 36,1 milhões de toneladas (+6,1 por cento ante 13/14), e de 49,1 milhões de toneladas na segunda safra (+10,6 por cento), totalizando 85,1 milhões de toneladas em 2014/15.

(Por Gustavo Bonato)