Ações da Oi recuam após renúncia do presidente-executivo Zeinal Bava

quarta-feira, 8 de outubro de 2014 10:49 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Oi recuavam fortemente na Bovespa nesta quarta-feira, após o presidente-executivo da operadora de telecomunicações Zeinal Bava renunciar ao cargo na véspera, ampliando as especulações no mercado sobre o futuro da fusão da empresa com a Portugal Telecom.

Às 10h48, as preferenciais da Oi recuavam 3,01 por cento, enquanto o Ibovespa avançava 0,79 por cento. Os papéis ON da operadora, que não estão no índice, caíam 2,3 por cento.

Analistas do Credit Suisse avaliaram a notícia negativamente. "Nós víamos o Sr. Bava como uma pessoa-chave por trás do plano da empresa para melhorar as operações e aplicar o capital de forma mais eficiente, especialmente com sua experiência de sucesso liderando a Portugal Telecom alguns anos atrás", escreveram em nota a clientes.

(Por Paula Arend Laier)