Estoques de petróleo dos EUA sobem com maiores importações

quarta-feira, 8 de outubro de 2014 14:13 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os estoques de petróleo dos Estados Unidos dispararam mais do que o esperado na semana passada com maiores importações e refinarias reduzindo a produção, apontaram nesta quarta-feira dados da Administração de Informação de Energia (AIE), do governo norte-americano.

Os estoques subiram 5,015 milhões de barris, contra expectativa de aumento de 1,533 milhão.

Já as importações de petróleo aumentaram em 428 mil barris por dia, uma vez que o "spread" entre o Brent e o petróleo WTI, negociado nos EUA, encurtou para entre 3 e 4 dólares, reabrindo oportunidades de arbitragem para o produto de fora dos EUA.

Os estoques de derivados de petróleo nos EUA, que incluem diesel e óleo de aquecimento, subiram 439 mil barris, ante expectativa de baixa de 1,067 milhão. Os estoques de gasolina aumentaram 1,180 milhão de barris, ante expectativa de queda de 1 milhão.

Os contratos futuros do Brent registraram nova mínima de 27 meses, abaixo de 91 dólares, com os dados dos estoques confirmando uma oferta abundante, além de preocupações com a demanda pela commodity diante de previsões sombrias sobre a economia global.

Por volta das 14h10 (horário de Brasília), o petróleo Brent caía 0,7 por cento, para 91,48 dólares o barril. Já o petróleo nos EUA recuava 1,7 por cento, para 87,33 dólares.

(Por Jessica Resnick-Ault, Anna Louie Sussman e Robert Gibbons)