Chuvas generalizadas atingem áreas agrícolas do Brasil central só no fim do mês

quarta-feira, 8 de outubro de 2014 15:18 BRT
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - Chuvas generalizadas e mais intensas deverão retornar às áreas agrícolas do Centro-Oeste e do Sudeste do país apenas a partir de 25 de outubro, e até lá o tempo mais seco continuará trazendo preocupação e transtornos para produtores de soja e de café.

Uma frente fria trouxe baixas temperaturas e ar seco para o Brasil central nos últimos dias, inibindo a formação de nuvens.

"Chuva definitiva mesmo somente no final de outubro", disse o agrometeorologista Marco Antônio dos Santos, da Somar Meteorologia, nesta quarta-feira.

O clima seco deverá se prolongar pelos próximos dias, acrescentou.

"Há a possibilidade para pancadas de chuvas isoladas neste próximo final de semana sobre o Sudeste e Centro-oeste, contudo, serão muito pontuais e de baixa intensidade, não garantindo que venham a ocorrer sobre as áreas desejadas", disse Santos.

Na avaliação do meteorologista Alexandre Nascimento, da Climatempo, as chuvas de outubro ainda estão dentro de uma média histórica. Mesmo assim, só deverão ganhar força ao fim de outubro.

"Ainda tem chuva neste mês, mas é só nos últimos 10 dias", disse ele.

Após algumas pancadas em Mato Grosso na segunda quinzena de setembro, as chuvas no principal Estado produtor de soja do país cessaram, interrompendo o trabalho de semeadura da oleaginosa, que já havia começado em muitas regiões.   Continuação...