Índice alemão DAX atinge mínima de 1 ano em meio a fraqueza generalizada

sexta-feira, 10 de outubro de 2014 14:40 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - As ações europeias tiveram forte queda nesta sexta-feira e a bolsa alemã, um dos mercados da região com melhor desempenho desde a crise financeira de 2008, caiu a uma mínima de um ano diante de preocupações com as economias alemã e global.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, caiu 1,58 por cento, a 1.292 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 recuou 1,67 por cento para 2.991 pontos.

O índice DAX, que havia disparado para uma máxima recorde de 10.050 pontos em junho, fechou em queda de 2,4 por cento a 8.788 pontos, o menor nível desde outubro de 2013.

A recente venda generalizada levou investidores baseados nos Estados Unidos a reduzirem sua exposição à Europa, segundo dados da Thomson Reuters Lipper, que mostram que as ações europeias sofreram as maiores saídas de capital em dois meses nos sete dias encerrados em 8 de outubro.

Uma pesquisa do Lipper com 109 fundos estabelecidos nos EUA com investimentos em ações europeias mostraram saídas líquidas de 329 milhões de dólares, o maior volume semanal desde meados de agosto.

O DAX foi duramente afetado nesta semana por dados fracos da Alemanha, maior economia da Europa, incluindo dados na quinta-feira que mostraram que as exportações alemãs em agosto registraram a mais forte queda desde janeiro de 2009.

Operadores disseram que a decisão do Fundo Monetário Internacional nesta semana de cortar suas projeções de crescimento global e preocupações sobre o Ebola, que impactaram papéis ligados a viagens, também pesavam sobre os mercados.

"Não acredito que será um colapso completo, mas acredito que estaremos num mercado baixista pelas próximas semanas", disse o chefe de trading da Central Markets Investment Management, Darren Courtney-Cook.   Continuação...