Produção da Petrobras em setembro deve bater recorde de 2010, prevê mercado

sexta-feira, 10 de outubro de 2014 17:11 BRT
 

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O mercado aguarda com expectativa o anúncio do volume de produção de petróleo da Petrobras de setembro, que deve finalmente bater o patamar histórico alcançado pela companhia em dezembro de 2010, caso o ritmo de crescimento tenha se mantido no mês passado.

Com produção de petróleo crescente este ano, a extração já ficou perto do recorde em agosto, quando atingiu 2,104 milhões de barris/dia, cerca de 17 mil barris/dia abaixo do maior nível já registrado, de 2,121 milhões de barris/dia, há quase quatro anos.

O dado de produção de setembro da estatal está para ser divulgado, ainda sem data definida.

Em nota à Reuters, a Petrobras frisou apenas que mantém a perspectiva de crescimento da produção média de 7,5 por cento em 2014, frente ao volume produzido no ano anterior, de 1,93 milhão de barris/dia, podendo variar um ponto percentual para cima ou para baixo.

O importante crescimento da produção projetado para 2014 deve vir após dois anos de declínio e outros dois em que a extração teve pequeno crescimento no Brasil.

"Se ela manter essa taxa de crescimento que a gente viu nos últimos quatro meses, provavelmete ela (a Petrobras) consegue superar esse nível que a gente viu em 2010”, afirmou a analista da Concórdia Corretora Karina Freitas.

O único fator que poderia impedir esse recorde, segundo a analista, seriam paradas não programadas de plataformas.

“O que eles têm mostrado frequentemente é que eles têm feito um ritmo de parada programadas para manutenção que não compromete o crescimento da curva de produção”, destacou.   Continuação...