Ministro do Kuwait diz que Opep não deve cortar produção

domingo, 12 de outubro de 2014 12:21 BRT
 

KUWAIT (Reuters) - A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) não deve cortar a sua produção para elevar os preços, porque tal medida não seria necessariamente eficaz, afirmou o ministro do Petróleo do Kuwait, Ali al-Omair, segundo a agência oficial denotícias Kuna neste domingo.

"Não acho que hoje há uma chance dos países da Opep reduzirem a sua produção, até porque a meta estipulada pela Opep é 30 milhões de barris por dia, o que não alcançamos até agora", disse Omair, de acordo com citação da Kuna.

Ele acrescentou que a queda do preço do petróleo nas últimas semanas era esperada. "Ainda somos capazes de nos adaptar", afirmou. A expectativa, segundo ele, é que os preços subam "ou pelo menos se mantenham o nível atual" durante o inverno no Hemisfério Norte, quando a demanda nos países desenvolvidos tende a aumentar.

Segundo a Kuna, Omair declarou que o preço do barril pode se estabilizar em 76 dólares, 77 dólares, uma vez que esse é custo da produção nos Estados Unidos e na Rússia.

(Reportagem de Rania El Gamal e Ahmed Hagagy)