Grécia diz que FMI manterá revisões pós-resgate depois de finalizada ajuda

domingo, 12 de outubro de 2014 16:38 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - A Grécia iniciou negociações para o fim da ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI) ao país, mas o grupo baseado em Washington vai manter a rotina de avaliações pós-resgate, disse uma autoridade grega depois de conversar com a chefe do FMI no domingo.

O FMI é profundamente impopular na Grécia por insistir em cortes de austeridade no âmbito do resgate de 240 bilhões de euros pela União Europeia e FMI.

"Tudo está sobre a mesa, as discussões já começaram. O FMI está positivo pois acredita que tenha contribuído para o progresso da Grécia", disse um funcionário do Ministério das Finanças grego, após uma reunião com a chefe do FMI, Christine Lagarde.

"O FMI continua com uma avaliação pós-programa em todos os países aos quais empresta ... vamos ter um relacionamento com o FMI, mas não nas mesmas condições."

O papel do FMI na Grécia depois que a ajuda for finalizada deverá ter implicações políticas para o governo, que faz questão de destacar a partida do FMI como um fim à supervisão pelo grupo, enquanto a oposição diz que tal fim será apenas na teoria.

O FMI, em um comunicado, confirmou que Lagarde se reuniu com autoridades gregas, incluindo o ministro das Finanças e o governador do Banco da Grécia e elogiou a Grécia por melhorar sua posição fiscal e exortou-a a implementar reformas estruturais fundamentais.

(Reportagem de Krista Hughes)