Statoil sai de campo Shah Deniz com venda de fatia à Petronas por US$2,25 bi

segunda-feira, 13 de outubro de 2014 07:19 BRT
 

OSLO (Reuters) - A norueguesa Statoil vendeu sua participação remanescente de 15,5 por cento no projeto de gás de Shah Deniz, no Azerbaijão, à Petronas, da Malásia, por 2,25 bilhões de dólares, como parte da estratégia de vender ativos para reforçar o retorno aos acionistas.

Como outras grandes companhias de petróleo, a Statoil tem vendido ativos para proteger as margens corroídas pelo aumento de custos e, nas últimas semanas, pela queda dos preços do petróleo. A companhia já havia vendido uma participação de 10 por cento em Shah Deniz anteriormente.

O negócio anunciado nesta segunda-feira também inclui participações da Statoil em uma empresa de gasoduto do Cáucaso do Sul e outras duas empresas.

A produção no segundo trimestre do campo Shah Deniz foi de 38.000 barris de óleo equivalente por dia, afirmou a Statoil.

"A venda otimiza nosso portfólio e fortalece a nossa flexibilidade financeira para priorizar o desenvolvimento industrial e o crescimento de alto valor", disse Lars Christian Bacher, chefe das atividades da Statoil de desenvolvimento e produção fora da Noruega, em um comunicado.

O campo de Shah Deniz é operado pela BP. Os outros parceiros são TPAO, SOCAR, Lukoil e Nico.

A expectativa é que a transação seja fechada no início de 2015.

(Por Gwladys Fouche e Terje Solsvik)